Reforma da Previdência vai colocar todos na miséria

30 de março de 2017 nenhum comentário

Um alerta sobre as mudanças que a reforma da Previdência vai provocar na vida de cada um dos brasileiros. Foi este o objetivo da audiência pública realizada na quarta-feira, 29, na Câmara dos Vereadores de Osasco por iniciativa da vereadora Dra. Régia, do PDT.

Como expositores, a audiência teve a presença de lideranças de organizações como: OAB (Ordem dos Advogados do Brasil, subseção Osasco), Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, IPMO (Instituto de Previdência do Município de Osasco), e da advogada Tonia Galleti, especialista em direito previdenciário.

A Câmara ficou lotada de interessados em conhecer mais sobre a reforma que quer acabar com a diferença de idade entre homens e mulheres para que todos possam se aposentar aos 65 anos. Além de impor uma nova fórmula de cálculo que vai rebaixar os benefícios. Isso somado ao aumento do tempo de contribuição para 49 anos vai impossibilitar a aposentadoria. “Sessenta e cinco anos para homens e mulheres, sabendo que no nosso país, milhares e milhares de pessoas não chegam sequer aos 52 anos de idade”, enfatizou Tonia Galleti. De acordo com a advogada, só com essa medida, eles vão retirar milhares de pessoas da proteção social.

A vereadora Régia lembrou que esse é mais uma das medidas do desmonte que sucedeu o golpe que tirou a presidente Dilma Rousseff do seu posto. “Na verdade, o grupo que esse presidente ilegítimo representa não estava nenhum um pouco satisfeito com os avanços dados principalmente a população mais pobre do nosso Brasil”, lembrou.

E a vereadora convocou a todos a luta para combater todos os retrocessos. “Se a gente não fizer, eles [o governo e a elite] se juntarão e farão a parte deles. Eles não querem dividir com os pobres, eles querem o lucro só para eles”, afirmou.

Comentários

comentários

Leia também

Comentários